Viaduto Marisa e Marginal Presidente LULA

O PT insiste em inaugurar simbolicamente nesse dia 15 de janeiro um viaduto com o nome da esposa falecida de LULA. Qualquer pessoa comum, sensata e decente exitaria em envolver o nome de pessoa falecida em tamanho bafafá, mas o petista mor não se importa com isso. Para ele – ao que parece – a falecida Marisa além de ser o bode expiatório, a pessoa que leva a culpa de tudo, é também uma plataforma eleitoral e nesse imbróglio nada mais é que mais um troféu em disputa que, se vencida, servira para ajudar em sua corrida em busca de imunidade presidencial contra os crimes cometidos.

Nas redes sociais há mobilização para uma resposta ao PT

Observatório da Rede