Militares CHINESES aprendem GUERRA NA SELVA com instrutores do Exército Brasileiro.

Militares CHINESES aprendem GUERRA NA SELVA com instrutores do Exército Brasileiro.

Os laços militares entre Brasil e China vem se estreitando ao longo dos últimos meses. Em julho um major brasileiro (Alexsander A. Conceição) terminou um curso de Comando e Estado Maior na China, na Nanjing Army Command College.

O militar brasileiro terminou como o primeiro colocado do curso.

Terminou na semana passada o estágio em guerra na SELVA realizado por militares chineses. A equipe brasileira foi composta pelo Capitão Charles P. Araújo, do 1º Batalhão de Infantaria de Selva; pelo Capitão Derek R. Brasil, do Centro de Instrução de Guerra na Selva; pelo Subtenente Mário P. C. Alves, do Comando de Fronteira de Roraima e 7º Batalhão de Infantaria de Selva; e pelo Subtenente Clemilson A. Lima, da Companhia de Comando da 12ª Região Militar. Os militares ministraram um Estágio de Operações na Selva para 50 Cadetes de Forças Especiais, na Academia de Forças Especiais do Exército Popular de Libertação, que fica na cidade de Guangzhou, na China.

Militares chineses fazem curso de guerra na selva com brasileiros

O Estágio teve mais de 200 horas de instrução que foram distribuídas em quatro fases: Vida na Selva, Técnicas Especiais e Módulo Didático de Patrulha e Operações.

O evento ficou marcado como a primeira participação de uma equipe de instrutores de Operações na Selva do Brasil em solo chinês. 

Dados e imagem de Aditância do Exército na China. Dados da Revista do Clube Militar.