Empresa criticada por utilizar modelo em traje de banho enfrenta FEMINISTAS – Desafio Alezzia

Empresa de móveis de aço inoxidavel criticada por utilizar imagem de modelo de biquini é atacada na rede por feministas. A Alezzia não se dobrou à ditadura do politicamente correto e lança campanha para medir aceitação por parte do público.

imagem de modelo da alezzia

O mais interessante é que o slogam mais usado pelas feministas é "meu corpo minhas regras". Contudo, pelo que vimos, a maior parte das pessoas acha que as feministas exageram ao tentar impor à sociedade seus achismos e o que decidem que é apropriado para as mulheres brasileiras.

Ao que parece a empresa tem usado muito bem a notoriedade cada vez maior por conta da polêmica. A modelo Bia Zanetti, fotografada no ensaio que ganhou destaque nas redes declarou que foi contratada pela empresa para posar e que nada tem a ver com a polêmica que a cada dia cresce.

Um dos sites que criticou a empresa diz que usar mulheres é apelação e coisa de publicitários incapazes. Se é verdade não sabemos e nem nos cabe discutir. Vejo abaixo a crítica.

"É revoltante que a publicidade ainda utilize a mulher como mero objeto para vender seus produtos. Esse é um tema que foi incessantemente abordado durante esse ano, inclusive resultando numa mudança de postura de diversas marcas, que, finalmente, passaram a enxergar esse problema. Mas não a Alezzia"

O que sabemos é que vivemos em um país livre e se alguêm quiser contratar uma modelo e houver uma modelo para ser contratada o negócio pode ser feito e ninguém tem exatamente nada com isso.

Em vários comentários nas redes leitores do facebook ironicamente dizem que as feministas deveriam também criticar a empresa de chinelos havaianas por usar um modelo masculino com roupas de banho.

desafio alezzia

Link para PARTICIPAR DO Desafio ALEZZIA

As feministas que criticaram a ALEZZIA têm sido alvo de chacota na internet. A própria empresa divulga postagens ironizando a briga comprada pelas chamadas "feminazis"

desafio-alezzia-14_no-00

alezzia-9_12-15-3_no-00

Alguns comentários encontrados sobre o caso Alezzia

"Eu acho que a empresa, que contratou a modelo, não tem que dar explicações para ninguém. Quase todos os comerciais de carro tem mulheres bonitas, de bebida também. Elas estão ali porque querem receber para isso e as empresas pagam seus honorários. Esse bando de feministas chega ao extremo de tentar ditar até as posições que as mulheres devem usar para fazer sexo ou onde devem ou não raspar os pelos. Desde que vi a reportagem no site Observatório da Rede percebi que a Alezzia tem sido mais apoiada que rechaçada. Somos livres, quem não quiser ver a modelo, não olhe, quem não quiser posar de biquíni é só não posar."

Observatório da Rede

Comandante exagerou! Diz Revista MILITAR

Comandante exagerou! Diz Revista MILITAR

O comandante do EXÉRCITO parece ter perdido a paciência com a situação e, repentinamente, diz que os intervencionistas podem gerar o caos no país.

villasboas

Se antes era a esquerda a ameaça de gerar uma situação perigosa, com suas ameaças de “tocar fogo no país”, agora, pelo menos para o Comandante do Exército, o General José Eduardo Villas Bôas, a ameaça seria a parcela da população que pede Intervenção Militar Constitucional.

Villas Bôas os chamou de tresloucados. A revista Sociedade Militar, cujos redatores são militares da reserva, pega mais leve do que deveria e diz apenas que as declarações não seriam de “bom tom”, na medida em que o general nem mesmo contra grupos de vândalos de esquerda, que invadem prédios públicos e fecham estradas, usou palavras desse tipo.

snapcrab_noname_2016-12-13_10-5-21_no-00

Ninguém sabe o que causou a reviravolta na cabeça do comandante. A revista Sociedade Militar arriscou dizer que poderiam ser dois fatores. O primeiro seria as seguidas menções por sites de esquerda de que já haveria condições para os militares intervirem. O segundo fator seria uma pesquisa publicada pelo Instituto Paraná, instituto muito mencionado pelo site ANTAGONISTA. Na pesquisa foi apurado que cerca de 35% da sociedade no momento quer mesmo que os militares assumam o controle provisoriamente, fechando o congresso e promovendo novas eleições.

Se a pesquisa estiver correta são cerca de 70 milhões de brasileiros os qeu desejam a intervenção militar. A revista faz uma ressalva e diz que essas pessoas na verdade não tem noção das consequencias de uma intervenção e que isso poderia ser seria trágico para o BRASIL.

A pesquisa apurou também que mais de 60% da sociedade quer o fechamento do CONGRESSO NACIONAL.

Ao que tudo indica, segundo a publicação militar, algo de grande monta pode estar acontecendo e o comandante do Exército ao tentar desacreditar os intervencionistas estaria tentando evitar que a situação desande para uma espécie de revolta popular contra as instituições.

"basta … uma atitude insana para desencadear uma reação em cadeia"

Observatório da REDE

Reunião de EMERGÊNCIA de Generais – Esquerda pede INTERVENÇÃO militar – LOUCURA fingida ou SENSATEZ inesperada?

É verdade isso? Esquerda pede INTERVENÇÃO militar – LOUCURA fingida ou SENSATEZ inesperada?

intervenção militar esquerda pede

Sites esquerdistas amanheceram nessa quarta-feira com indicações sutis que levam seus leitores a entender que uma intervenção dos militares das forças armadas seria possível no país. Sites como 247, GGN e viomundo não publicam nada que não passe pelo crivo da intelligentsia esquerdista, a cúpula “pensante” que comanda as ações tanto da militância manipulável como da cúpula dos partidos de esquerda no país.

Em um dos artigos de capa o 247 diz que a situação é a mesma que existia 1964 quando os militares depuseram o então presidente João Goulart. O que eles esperam alcançar com essas ações que podem instigar os militares a agir?

snapcrab_noname_2016-12-8_12-56-21_no-00

Coincidência ou não recebemos informações também pelas redes que vários generais do alto comando chegaram em Brasília no começo dessa semana. Reunião de rotina? Talvez sim. Mas a crise institucional é evidente e seria mesmo de se esperar que os militares estivessem discutindo as opções que teriam em caso do país entrar numa situação de caos generalizado.

militarizacao-33_no-00

Não se sabe se o governo também pressente a possibilidade dos militares intervirem de alguma forma. Mas, é fato que Michel TEMER determinou ao MINISTRO da defesa que anunciasse um possível reajuste para as Forças Armadas ainda esse ano, o ministro obedeceu. Outro indíicio interessante de que TEMER pode desejar conquistar a simpatia das FA é o fato dos militares ficaram completamente de fora da reforma da previdência, sequer foram citados, e o BRASIL permanece como um dos únicos países onde os militares podem se "aposentar" antes dos 50 anos de idade. Obviamente que não há como exigir que se aposentem aos 65. Mas, todos, até eles mesmos, concordam que reformas têm de ser realizadas.

No site oficial de LULA o jornalista Franklin Martins diz que a convulsão Social, que precederia uma INTERVENÇÃO MILITAR, está por chegar.

 “Nós já estamos vivendo uma depressão. A economia caiu cerca de 5% nos últimos dois anos. E não há nenhuma perspectiva de melhora. Para o ano que vem, as estimativas falam de -1%. O clima que está se alastrando no país é muito negativo. Nós estamos caminhando para uma convulsão social no país. Estamos vivendo uma situação dramática por absoluta irresponsabilidade das forças conservadoras no Brasil”. 

Se a esquerda acredita que as Forças Aramadas assumiriam o comando, tirariam TEMER e RENAM do controle do país e poupariam os membros do GOVERNO DILMA, deixando-os livres para retornar ao controle do país em pouco tempo deposto faz apenas alguns meses, podem estar redondamente enganados. As forças armadas são notadamente anti-esquerda no Brasil.

Porém, nada indica que os militares resolverão se expor diante da opinião pública mundial e da própria sociedade brasileira, que uma vez ja se voltou contra os mesmos, taxando-os de torturadores e deixando que homens como USTRA e outros fossem completamente massacrados. 

Todavia, não somos nós do Observatório da Rede os portadores das respostas. Apenas discutimos o que está na rede de forma explícita e implícita e talvez passe despercebido da maioria das pessoas. Cada um dos leitores deve chegar às próprias conclusões sobre os possíveis próximos capítulos da atual NOVELA BRASIL.

Observatório da REDE

VIRALIZAM as imagens de ADRIANA ANSELMO presa no RIO em uniforme de INTERNA

Para uns as imagens de ADRIANA ANSELMO, que viralizaram nas redes sociais do RIO, são vistas com prazer e alegria, são sinais de que as coisas estão acontecendo.

A advogada levava uma vida de luxo usando jóias caríssimas e comendo em restaurantes de altíssimo nível, causando indignação na sociedade que já há algum tempo acreditava que a família participava de esquemas criminosos.

Para outras pessoas, outros membros da gang dos politicos, a imagem é uma antevisão do terror e da prisão iminente.

menor-adriana-ancelmo-presa-seap-d2b5c

Um esquema criminoso com empreiteiras teria bancado uam vida de luxo para SERGIO CABRAL e sua esposa. Ambos agora estão no COMPLEXO penitênciario de Gericinó, em BANGÚ.

A sociedade se diverte em compartilhar as imagens dos ex-oligarcas em uniforme de presidiários. Que as imagens sirvam de exemplo para outros políticos não se aproveitarem de seus cargos para enriquecer ilicitamente.

OBSERVATÓRIO DA REDE NO BRASIL

Democracia está por um triz, Ministra pede PAZ. PT volta a comandar o país se Tribunal Superior ELEITORAL caçar a chapa DILMA E TEMER.

Democracia está por um triz, Ministra pede PAZ.  PT volta a comandar o país se Tribunal Superior ELEITORAL caçar a chapa DILMA E TEMER.

A imprensa evita falar no assunto. Mas, a verdade é que estamos cada vez mais próximos de uma crise institucional. Ainda nessa terça-feira, como se soubesse da decisão a ser proferida POR Marco Aurélio MELLO, a Ministra CARMEM Lúcia tentou apaziguar os ânimos. A Ministra deixou escapar que se as coisas derem errado, que se tudo fracassar o judiciário tem que pacificar porque caso contrário, só nos resta a GUERRA.

Renan CALHEIROS tem que sair, mas o SENADO reluta em cumpir a decisão do SUPREMO. Resta saber se MARCO AURÉLIO MELLO determinará a sua retirada a força e prisão, afinal, descumprir decisão judicial é CRIME.

Renan deixa como sucessor um senador do Partido dos Trabalhadores. O julgamento do processo contra a CHAPA de TEMER e DILMA está para ser julgado e se o resultado for a cassação da chapa quem assumirá o país é um senador do PARTIDO DOS TRABALHADORES, e que ninguém se engane, o senador JORGE VIANA não é tão mansinho, tão racional quanto a imprensa tenta fazer parecer.

Ha poucos dias TEMER disse que se a decisão do TSE fosse a cassação da chapa ele sairia com tranquilidade.

Suas palavras: "Se decorridos todos os recursos processuais que serão cabíveis nesse caso e o judiciário decidir que a chapa deva ser cassada, você sabe mais do que ninguém que eu prego a reconstitucionalização do país. Eu jamais me insurgiria contra uma decisão definitiva do poder judiciário"

O SENADOR Jorge Viana

Jorge VIANA em áudio amplamente divulgado nas REDES aconselhou LULA e desafiar SERGIO MORO e jogar a sociedade contra o JUDICIÁRIO.

Parte de sua fala: “O presidente LULA precisa transformar esse confronto numa ação política. Eles tão se rebelando, só dizendo que não aceita mais o MORO, que agora se ele mandar um ofício ele não vai, e dizer que ele tá agindo fora da lei, chamar de bandido. E diga: venha me prender, agora eu que estou desafiando, venha me prender. Mas não venha prender minha mulher, nem meus netos, nem meus.. a mim, eu to aqui nesse endereço esperando. Os seus policiais. Aí o povo vai pra rua, aí a gente faz um confronto institucional pela política… 

Ouça o áudio completo publicado na Revista Militar

OBSERVATÓRIO DA REDE

ULTIMATO de CARMEM LÚCIA.  Ou democracia ou a GUERRA – Ela fala dos MILITARES?

ULTIMATO de CARMEM LÚCIA.  Ou democracia ou a GUERRA – Ela fala dos MILITARES?

Diante de tantas manifestações, e de gente que até pede a volta dos militares, a MINISTRA CARMEM LÚCIA, que é mestre em DIREITO CONSTITUCIONAL, parece ter assumido uma postura de urgência nesse momento.

Ela declarou em evento ha poucos minutos em Brasília: "Ou é a democracia ou a guerra".

Carmem deixa claro que as coisas estão no limite e a posição da sociedade pode mudar para uma postura masi radical.

 “Há uma enorme intolerância com a falta de eficiência do Poder Público que nos leva a pensar como é que temos de agir para que a sociedade não desacredite no Estado, uma vez que o Estado democrático previsto constitucionalmente parece ser até aqui a nossa única opção. Ou é a democracia ou a guerra. E o papel da Justiça é exatamente pacificar."

"Ou a sociedade acredita numa ideia de Justiça que vai ser atendida por uma estrutura estatal e partimos para um marco civilizatório específico ou a sociedade deixa de acreditar nas instituições e por isso mesmo opta pela vingança. Nós não esperamos que a sociedade em algum momento precise desacreditar, a tal ponto que resolva fazer justiça pelas próprias mãos, que nada mais é que exercer a vingança, que é a negativa da civilização.”

Nesse momento em que vários políticos tem zombado dos manifestantes que foram ás ruas no domingo, cabe-nos apenas especular. Será que a MINISTRA sabe de alguma coisa mais complexa. Será que as Forças Armadas estariam nesse momento de sobreaviso no que diz respeito a adotar uma postura mais radical para solucionar de vez os problemas que assolam o BRASIL

Observatório da REDE

Caça a MILITARES CORRUPTOS nas FORÇAS ARMADAS

Caça a MILITARES CORRUPTOS nas FORÇAS ARMADAS

Recentemente o PARTIDO dos TRABALHADORES anunciou que seus planos de intervir no sistema de promoções dos MILITARES fracassou, e que isso é uma falha a corrigir. Mas, mesmo sem a intromissão direta da esquerda nas FA percebe-se claramente que a corrupção já existe em meio aos MILITARES. Isso precisa ser corrigido rapidamente.

corrupção nas forças armadas

O Ministério Público Militar, por conta de seguidas denúncias de corrupção, está criando um grupo especial para atuar no combate à corrupção nas Forças Armadas. O nomeado Núcleo de Combate à Corrupção estará focado em combater crimes cometidos por militares.

A corrupção está cada vez mais sofisticada e dada a dimensão da verba para as forças armadas o assunto tem que ser tratado com extrema atenção.

O núcleo vai agir em casos de investigação financeira, combate a lavagem de dinheiro, Corrupção e crime organizado e estará ligado ao Centro de Pesquisa, Análise, Desenvolvimento de Sistema e Apoio à Investigação do Ministério Público Militar. Atuará mediante demanda da promotoria, junto com outros membros do Ministério Público Militar, em processos ou investigações envolvendo atos de corrupção envolvendo OMs. O coordenador do núcleo, no entanto, terá competência, se achar apropriado, para negar o pedido do promotor, devendo, no entanto, levar em conta a gravidade dos fatos; a complexidade da investigação e a urgência na adoção de medidas. 

O Núcleo do Combate à Corrupção da Justiça Militar acompanhará diligências e a análise de provas. Também poderá orientar quanto às providências cabíveis em casos de crimes contra o patrimônio público e de improbidade administrativa. No encerramento do caso, deverá ser elaborado relatório final com as conclusões dos trabalhos realizados pelo núcleo e propostas para o aperfeiçoamento das técnicas de combate à corrupção e à criminalidade violenta. 

O MP deixa claro que MILITARES são INCAPAZES de INVESTIGAR

As Forças Armadas não contam com polícia judiciária especializada, como a Polícia Federal e a Policia Civil. As investigações são realizadas na maior parte das vezes por militares que convivem ou já conviveram com os suspeitos, e isso é definitivamente inapropriado.

Recentemente vários militares tem sido condenados por corrupção. Em um desses casos o crime ocorreu em 2002 e os militares, três majores e um capitão, somente foram julgados pelo STM em 2014.

Em setembro desse ano, foram denunciadas três militares e quatro civis — que estariam participando de um esquema de desvio de dinheiro num batalhão do Exército em Campina Grande (PB), que pagou R$ 156 mil por material de limpeza que nunca foi recebido pela força. A quantidade comprada era incompatível com as necessidades do batalhão.

Observatório da REDE – Em busca da VERDADE

GENERAL “pede” INTERVENÇÃO no PROTESTO de COPACABANA – A imprensa fingiu que NÃO VIU

general mourão em copacabanaGENERAL se MANIFESTA no PROTESTO de COPACABANA – A imprensa fingiu que NÃO VIU

O observatório da REDE está aqui para mostrar o que a imprensa finge que não vê.

Na orla de COPACABANA, nesse domingo chuvoso de dezembro, além dos milhares de manifestantes anti-pt, havia um grupo que se distinguia por não acreditar mais que a solução para o país passa pelos corredores do CONGRESSO NACONAL, eles acreditam que a classe política tem que ser completamente trocada por pessoas que nunca estiveram envolvidas em qualquer tipo de corrupção.

Os manifestantes inflaram um boneco gigante representando um GENERAL da ATIVA que apoiaria uma ação mais enérgica por parte das Forças Armadas. Mas, que teria sido sancionado por ainda na ativa manifestar sua opinião. Muitos alegam que o referido general estaria nas ruas se não estivesse submetido às normas militares e, portanto, sob risco de prisão caso se manifeste mais uma vez.

Na AVENIDA PAULISTA os intervencionistas também levantaram suas faixas e utilizaram caminhões de som.

Mas, como isso poderia ser feito? Eles respondem que bastaria que as forças armadas assumissem o controle do país, centrassem esforços em apurar e punir rapidamente todos os casos de corrupção e em seguida convocassem novas eleições, onde somente concorreriam candidatos com conduta ilibada.

Ao Observatório da Rede, como veículo online, não cabe discordar ou concordar com o pleito, apenas informamos o que aconteceu. Todavia, diante da proposta fica fácil entender o POR QUE da grande imprensa fingir que esse grupo simplesmente não existe. Todos temem uma faxina geral que seria certamente implementada pelas forças armadas. A corrupção no BRASIL é como um câncer, está entranhada em muitos locais e extirpá-la poderia ser incrivelmente doloroso para milhares de companhias, redes e sub-redes que utilizam de alguma forma a corrupção política para obter lucros. 

Mas, desaparecer com os intervencionistas das imagens dos telejornais está cada vez mais difícil. Somente no RIO de JANEIRO estima-se que o grupo já congregue mais de 30 mil pessoas, eles têm ate uma rádio ONLINE (radio pesadelo dos políticos). Em SÃO PAULO eles são pelo menos o dobro. Até hoje nenhum instituto de pesquisa ousou aferir esses números com precisão e se o fizesse é quase certo que os resultados seriam contestados pela grande mídia.

Observatório da  Rede – http://observatoriodarede.com.br

Festa ou Velório? Cúpula da CORRUPÇÃO da América Latina se reúne em CUBA

Parece uma festa, mas não é… Ou é? A cúpula política que destruiu a AMÉRICA LATINA nos últimos 12 anos se reúne em CUBA para se despedir do ditador sanguinário FIDEL CASTRO.

O site Observatório da Rede recebeu essa imagem que mostra um belo ambiente de descontração entre gente que compertilha a mesma ideologia e planos de futuro para a América Latina.

Fofocas de COPA

Com filtas vermelhas no teto, o ambiente nada tinha de fúnebre. Havia muitos sorrisos, afagos e piadinhas, sempre da parte de Maduro e Lula. A reunião mais parecia uma festa de aniversário. Segundo um garçom, Nicolas Maduro teria arriscado uma frase, dizendo: "Presidente LULA, aquele juizinho não vai acabar com a gente… O povo do Brasil não permitirá isso… como estamos para 2018, já posso anuciar nosso apoio? ".  

Stédile, que estava ao lado, ciente das manifestações que ocorrem no BRASIL, chegou a esboçar um sorriso, por ética, mas logo se afastou e não conseguiu disfarçar a insatisfação com o comentário completamente impertinente. Ele sabe que Lula está por um triz e que a queda de MADURO também é questão de tempo. A última coisa que LULA precisa agora é apoio de mais gente burra.

Enquanto MADURO falava, a ex-presidente DILMA ROUSSEFF olhava de canto de olho para seu mentor, esperando a resposta que não veio. Lula pareceu hesitar por um momento. Dilam percebeu que Maduro acabou a tranquilidade e descontração de LULA, que o remeteu de volta a seus problemas. Mas, Raul Castro – (não aparece na imagem) mais perspicaz que todos os presentes – percebeu o imbróglio e logo mudou o rumo da prosa. O ditador se meteu no meio da conversa e disse: "LULA, lembra dessa água mineral com gás? É ainda daquela safra doada pela ODEBRECHT". Lula pareceu mais embaraçado ainda. 

velorio de fidel castro dilma presente

Observatório da REDE – Sempre Presente

VEJAM: Mentira de EVO MORALES / PILOTO que faleceu no ACIDENTE publicou mensagens sobre o CHAPECOENSE

1 2 3