Agente infiltrado. Esquerda reclama de BULLING mencionando AGENTE SECRETO que teria “comido mortadelas”

Esquerda reclama de BULLING sobre MILITAR infiltrado que teria “comido mortadelas”

A Procuradoria de Justiça Militar em São Paulo, órgão do Ministério Público Federal, determinou o arquivamento do procedimento investigatório que apurava se houve alguma irregularidade nas ações do capitão Willian Pina Botelho, de 37 anos, que agia como agente infiltrado do Exército no dia 4 de setembro, quando ele e 18 ativistas de esquerda foram detidos pela Polícia Militar no Centro de São Paulo. Botelho estava infiltrado no grupo que se preparava para se manifestar na Avenida Paulista.  

A esquerda anda indignada com a decisão e quer agora saber o que BOTELHO conseguiu descobrir. Em sites e blogs de esquerda se percebe várias postagens fazendo chacota com as esquerdistas que pretendiam manter encontros românticos com o agente secreto.

Depois de divulgadas na imprensa algumas fotografias do MILITAR que supostamente se infiltrou em meio aos militantes de esquerda – não se sabe se realmente por determinação de algum orgão de inteligência ou por iniciativa própria – os movimentos de esquerda tentam desesperadamente, por meio de seu braço político, obter informações do comando do Exército sobre o que foi apurado e sobre onde são realizadas operações no momento.

O agente teria conversado com vários membros de movimentos sociais e inclusive saido em alguns encontros românticos com militantes de grupos esquerdistas que participam com frequencia de atos de vandalismo em São Paulo. Numa história digna de contos de Ian Fleming,(criador do agente 007), um jornal diz que o militar pretendia até marcar um menage com algumas militantes. Militantes de esquerda reclamam nos campos de comentários e desconversam, dizem que a ação foi ilegal.

Numa mensagem enviada por aplicativo um fã do agente expressa sua admiração: "Cara, você é o mito, além de engabelar todo mundo ainda pegou umas mortadelas". (mortadelas é o termo usado para definir militantes de esquerda que protestam em troca de lanches ou recompensa financera".

O "Capitão" Pina Botelho se tornou o inimigo número 1 dos jovens esquerdistas, que agora se sentem enganados, traidos, ja que BOTELHO os engabelou completamente, os fez de idiotas por mais de dois anos, desde 2014.

Observatório da REDE