Jean Wyllys, “um pária” com medo do Brasil

Jean Wyllys, “um pária” com medo do Brasil

Ao O GLOBO o deputado Jean Wyllys, reeleito pelo estado do RIO DE JANEIRO, disse:  “A campanha de fake news montada pelos inimigos da democracia que agora chegam ao poder me transformou num pária para os eleitores desse maldito, que invadem diariamente minhas redes com dezenas de milhares de xingamentos e ameaças, e colocou minha vida em risco em quase todos os lugares do Brasil… Estou preocupado em me manter vivo, em cuidar da minha saúde que está abalada pelo volume de mentiras e ameaças contra mim. Estou preocupado em sobreviver.”

O deputado JEAN WYLLYS por pouco não foi reeleito, novamente teve votação baixíssima e se entrou de novo para o rol dos eleitos tem que agradecer não ao próprio mérito, mas aos chamados puxadores de voto de seu partido.

Atuando em uma sociedade onde quase todos tem restrições contra atitudes grosseiras como cuspir na face de outras pessoas, o deputado JW ganhou por um triz mais uma chance de se comportar de forma mais coerente. Ele se diz representante da comunidade LGBT mas ao final de oito anos de mandato não conseguiu aprovar sequer um projeto relacionado ao grupo que diz ser seu público.

Cabe aqui questionar se Jean Wyllys tem realmente sido um político no sentido verdadeiro da palavra, que traz em seu bojo a habilidade de se relacionar e de convencer pessoas a aprovar sua visão de mundo e apoiá-la. Talvez o comportamento agressivo e – para alguns – nojento, seja o responsável pelo fracasso do ex-Big Brother que entrou para a política.

Observador

 

Compartilhe