Comandante exagerou! Diz Revista MILITAR

Comandante exagerou! Diz Revista MILITAR

O comandante do EXÉRCITO parece ter perdido a paciência com a situação e, repentinamente, diz que os intervencionistas podem gerar o caos no país.

villasboas

Se antes era a esquerda a ameaça de gerar uma situação perigosa, com suas ameaças de “tocar fogo no país”, agora, pelo menos para o Comandante do Exército, o General José Eduardo Villas Bôas, a ameaça seria a parcela da população que pede Intervenção Militar Constitucional.

Villas Bôas os chamou de tresloucados. A revista Sociedade Militar, cujos redatores são militares da reserva, pega mais leve do que deveria e diz apenas que as declarações não seriam de “bom tom”, na medida em que o general nem mesmo contra grupos de vândalos de esquerda, que invadem prédios públicos e fecham estradas, usou palavras desse tipo.

snapcrab_noname_2016-12-13_10-5-21_no-00

Ninguém sabe o que causou a reviravolta na cabeça do comandante. A revista Sociedade Militar arriscou dizer que poderiam ser dois fatores. O primeiro seria as seguidas menções por sites de esquerda de que já haveria condições para os militares intervirem. O segundo fator seria uma pesquisa publicada pelo Instituto Paraná, instituto muito mencionado pelo site ANTAGONISTA. Na pesquisa foi apurado que cerca de 35% da sociedade no momento quer mesmo que os militares assumam o controle provisoriamente, fechando o congresso e promovendo novas eleições.

Se a pesquisa estiver correta são cerca de 70 milhões de brasileiros os qeu desejam a intervenção militar. A revista faz uma ressalva e diz que essas pessoas na verdade não tem noção das consequencias de uma intervenção e que isso poderia ser seria trágico para o BRASIL.

A pesquisa apurou também que mais de 60% da sociedade quer o fechamento do CONGRESSO NACIONAL.

Ao que tudo indica, segundo a publicação militar, algo de grande monta pode estar acontecendo e o comandante do Exército ao tentar desacreditar os intervencionistas estaria tentando evitar que a situação desande para uma espécie de revolta popular contra as instituições.

"basta … uma atitude insana para desencadear uma reação em cadeia"

Observatório da REDE

Robson